Pesquisar

sábado, 24 de dezembro de 2011

JESUS, O CRISTO, E SUA ENCARNAÇÃO


A DEIDADE DO FILHO DE DEUS
ü  João 1.1-2 – “NO princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus.  Ele estava no princípio com Deus”.
ü  João 1.14 – “E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade”.
Colossenses  1.14-20 -  “Em quem temos a redenção pelo seu sangue, a saber, a remissão dos pecados; O qual é imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação; Porque nele foram criadas todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, sejam tronos, sejam dominações, sejam principados, sejam potestades. Tudo foi criado por ele e para ele. E ele é antes de todas as coisas, e todas as coisas subsistem por ele. E ele é a cabeça do corpo, da igreja; é o princípio e o primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência. Porque foi do agrado do Pai que toda a plenitude nele habitasse, E que, havendo por ele feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra, como as que estão nos céus”.
A SINGULARIDADE DE JESUS
1. No anúncio do nascimento, na sua geração e concepção.
2. No seu crescimento em sabedoria, em estatura, em graça diante de Deus e dos homens.
3. Jesus Cristo é incomparável quando anda sobre as ondas do mar e quando manda o mar se acalmar,  Quando curas enfermos,  levanta paralíticos,quando liberta oprimidos do diabo.
4. É singular quando ressuscita mortos, e  até de quatro dias.
5.Sim Jesus Cristo, é sem parelha quando declara sua autoridade sobre a morte, quando levanta a voz e diz " ninguém tira a minha vida, eu mesmo a dou, porque este mandamento recebi do meu Pai". E assim, pôde  vencer a morte, ao ressuscitar dos mortos.
AS DUAS NATUREZAS DE JESUS
q  Jesus Cristo é o verdadeiro Deus e o verdadeiro homem.
Ø  Filipenses 2.5-8 – “ De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,  que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus, Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens; E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz”.
1. Como homem ele teve  mãe, mas não teve pai; Como Deus, ele tem Pai, todavia não teve mãe.
2. Como homem se alimentou quando teve fome; como Deus é alimento para alma do homem.
3. Como homem teve sede, e pediu para bater; como Deus é água viva para todo o que crê.
4. Como homem ele chorou, em Betânia e em Jerusalém; como Deus é consolo dos aflitos e desesperados.
5. Como homem teve sono e cansaço, até chegou a dormir na polpa de um barco;  como Deus ele não dorme e nem se desfalece.
6. Como homem foi levado a cruz para provar a morte, sofreu e padeceu; porém ressuscitou  dentre os mortos porque ele é Deus.
A RELAÇÃO JESUS  X DEUS PAI
}  Lc 2.48-50 -  E quando o viram, maravilharam-se, e disse-lhe sua mãe: Filho, por que fizeste assim para conosco? Eis que teu pai e eu ansiosos te procurávamos. E ele lhes disse: Por que é que me procuráveis? Não sabeis que me convém tratar dos negócios de meu Pai? E eles não compreenderam as palavras que lhes dizia.
}  João 2.11 -  Jesus principiou assim os seus sinais em Caná da Galiléia, e manifestou a sua glória; e os seus discípulos creram nele.
}  João 10.30-31 -  Eu e o Pai somos um. Os judeus pegaram então outra vez em pedras para o apedrejar.
}  João 14.11a -  Crede-me que estou no Pai, e o Pai em mim.
q  João 14.7-9  -  Se vós me conhecêsseis a mim, também conheceríeis a meu Pai; e já desde agora o conheceis, e o tendes visto.  Disse-lhe Filipe: Senhor, mostra-nos o Pai, o que nos basta. Disse-lhe Jesus: Estou há tanto tempo convosco, e não me tendes conhecido, Filipe? Quem me vê a mim vê o Pai; e como dizes tu: Mostra-nos o Pai?
JESUS SE APRESENTA ORA COMO FILHO DO HOMEM, ORA COMO FILHO DE DEUS. AFINAL, DE QUEM ELE É FILHO?
“Filho do Homem” é uma expressão idiomática hebraica, que significa “participante da natureza humana”. Jesus foi verdadeiramente homem. Mas Ele é também verdadeiramente Deus. Os credos antigos confessaram unanimemente, seguindo as Escrituras (Jo 1.1-14; Rm 1.1-6; Fp 2.5-11), que Jesus Cristo é a pessoa única — tendo a natureza divina e a humana — “em duas naturezas, inconfundíveis e imutáveis, inseparáveis e indivisíveis”. Somente um Cristo que é verdadeiramente Deus e verdadeiramente homem pode salvar o homem (1 Tm 2.5).                                                                 Franklin Ferreira
JESUS É, COM CERTEZA, O MESSIAS QUE HAVIA DE VIR?
Messias, em hebraico, significa “o ungido” (Christos é a palavra grega com o mesmo significado). O Evangelho segundo Mateus parece ter sido escrito especialmente com esta finalidade: mostrar que Jesus era o messias prometido no Antigo Testamento. Daí a frase que ocorre dezesseis vezes: “tudo isso aconteceu para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta...” Mateus apresenta Jesus Cristo como o Rei Messiânico, Filho da casa real de Davi, o leão da tribo de Judá (Mt 1.6, 16, 20; 9.17; 12.23; 15.22; 20.30; 21.9, 15).
                                                                                              Franklin Ferreira
ELE VEIO LITERALMENTE, DO CÉU À TERRA
Ø  João 16.28 – “Saí do Pai, e vim ao mundo; outra vez deixo o mundo, e vou para o Pai”.
Ø  (mundo=habitação dos humanos, planeta  terra, mundo material, etc...)
Ø  João  17.4-5 – “Eu glorifiquei-te na terra, tendo consumado a obra que me deste a fazer. E agora glorifica-me tu, ó Pai, junto de ti mesmo, com aquela glória que tinha contigo antes que o mundo existisse.”
O SEU ADVENTO E A REJEIÇÃO PELOS JUDEUS
1. Enviado primeiro as ovelhas perdidas da casa de  Israel. Veio para os seus. Jo 1.11
2. Sociologicamente, sua rejeição se deu por inveja dos seus compatriotas. Is 53.3;Mt 27.18
3. Estado espiritual de Israel - dureza de coração conseqüência da rebeldia contínua do povo contra Jeová. E pesa mais: Eram os guardiões do oráculos divinos. Hoje a revelação está completa em Cristo.
4. Em função de sua crença monoteísta, os judeus rechaçaram a revelação da  Divindade em três pessoas.
5. Escatologicamente, na presciência divina, com a rejeição do  messias, o evangelho passaria  a ser pregado a todas as gentes.  Mt 24.14
6. Advento e rejeição do messias: Um divisor de águas na História de Israel e das nações.
7. Com sua morte vicário e ressurreição,  a  igreja é edificada e inaugurada no dia de pentecostes. Adentra-se a Dispensação da Graça.
8. De dois povos, forma-se um: A igreja...
9. A partir de Jesus, o apogeu da revelação de Deus a humanidade, o  caminho sine qua no  para o Pai, devemos examinar as Escrituras para frente e para trás.
O SHEMÁ NO JUDAÍSMO
}  “Ouve, Israel, o SENHOR nosso Deus, é o único SENHOR”. Dt 6.4
}  A ênfase da fé monoteísta no Judaísmo.
}  Baseado em Dt 6.4-9;11.13-21 e Nm 15.37-41
}  Credita-se a Moisés como mandamento para ser lido duas vezes ao dia(ao deitar-se e ao levantar-se), como uma prescrição Divina.
QUE VEIO JESUS FAZER NA TERRA?
1. Chamar os pecadores ao arrependimento.  lc 5.32
2. Buscar o que se havia perdido. lc 19.10
3. Dar  vida em abundância. jo 10.10
4. Salvar os pecadores. jo 12.47; i tm 1.15
5. Dar  a sua vida em resgate de muitos.  mt 20.28; jo 10.18
6. Destruir as obras do diabo.  i jo 3.8
7. Aniquilar o tinha o império da morte. hb 2.14
8. Testemunhar da verdade.  Jo 1.17;18.37
9. Revelar Deus, o Pai.  Jo 1.18
“Deus nunca foi visto por alguém. O Filho unigênito, que está no seio do Pai, esse o revelou”.
v  É a sublimação da encarnação de Jesus Cristo.
PROPÓSITOS DA ENCARNAÇÃO DE JESUS
}  Desceu para nos fazer subir. Jo 6.38;14.2-3
}  Fez-se pobre para nos enriquecer. II Co 8.9
}  Fez-se pecado por nós, conquistando a eterna salvação. Hb 5.9; II Co 5.21
}  Ferido para que pudéssemos ser sarados das chagas do pecado. Is 53.5
}  Brotou da raiz de uma terra seca, sem parecer e formosura(Is 53.2; I Co 1.27-28), para vir a ser o desejado de todas as nações. Ag 2.7
}  Sofreu para que nós pudéssemos gozar aqui e na eternidade. Lc 22.44
}  Teve sede para saciar a nossa sede espiritual. Jo 19.28
}  Fez-se pão para ser o nosso alimento espiritual. Jo 6.35
}  Ser a luz a luz do mundo, para iluminar a tantos quantos estavam em trevas.  Is 9.2; Jo 8.12; 12.46
}  Veio para ser o bom pastor, dando a vida pelas ovelhas, em oposição ao diabo que veio para matar, roubar e destruir.  Jo 10.10
}  Abdicou dos privilégios e glórias junto ao Pai, para ser moído pelas nossas transgressões na cruz do gólgota.  Fl 2.7-8
}  Por um momento, abriu mão de sua posição celestial, para nos garantir um lugar permanente, onde por toda a eternidade estaremos com Ele.  Cl 1.13; I Ts 4.16-17
}  Como entender a profundidade do amor de Deus, para  na pessoa de seu filho, descer ao nosso encontro? Jo 3.16; II Co 5.19; Rm 5.8
}  Assim, Deus o Pai, nos deu o que tinha de mais íntimo, seu único filho. Presentei ao Pai celeste, entregando-lhe sua vida, pois primeiro Ele o fez por você no calvário. Jo.3.16
A QUEM INTERESSA NEGAR A ENCARNAÇÃO DO FILHO DE DEUS?
q  I Jo 4.1-3 – “AMADOS, não creiais a todo o espírito, mas provai se os espíritos são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo. Nisto conhecereis o Espírito de Deus: Todo o espírito que confessa que Jesus Cristo veio em carne é de Deus; E todo o espírito que não confessa que Jesus Cristo veio em carne não é de Deus; mas este é o espírito do anticristo, do qual já ouvistes que há de vir, e eis que já está no mundo.”
q  HB 1.1-3 “ HAVENDO Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, a nós falou-nos nestes últimos dias pelo Filho,  a quem constituiu herdeiro de tudo, por quem fez também o mundo. O qual, sendo o resplendor da sua glória, e a expressa imagem da sua pessoa, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder, havendo feito por si mesmo a purificação dos nossos pecados, assentou-se à destra da majestade nas alturas”.
ENTÃO, A ENCARNAÇÃO DE JESUS É:
q  A Divindade tomando forma corporal humana, ou seja, experimentando co-existir, viver, conviver com os homens, como homem.
q  Hb 4.15 – “Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.”

Feliz Natal com um Jesus que foi menino,  mas hoje precisa ser Salvador e Senhor de nossas vidas....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...